Professor da UNIPLAC lança seu 34º livro:

DA CAÁ-Í, CONGÕI OU KUKUAI AO CHIMARRÃO

No dia 14 de novembro de 2011, o historiador catarinense Nilson Thomé lançou seu mais recente livro, com o título “Da Caá-í, Congõi, Kukuai ao Chimarrão – A Erva-Mate do Contestado na História”. A obra de 114 páginas, com registro ISBN 978-85-911141-4-6, valoriza as origens e a prática do cultivo da erva-mate e do culto ao chimarrão no Planalto Catarinense, objetivando a caracterização da existência destas tradições na Região do Contestado, área central do Estado de Santa Catarina, a exemplo do que já se fez e ainda se faz no Rio Grande do Sul, no Paraná, no Mato Grosso do Sul e, também, na Argentina, no Uruguai e no Paraguai.

A pesquisa do autor em torno de “Erva-Mate & Chimarrão” começou na década de 1970, simultaneamente a outros estudos sobre o Contestado. Despretensiosa, a investigação científica foi realizada dentro dos moldes acadêmicos da História Cultural, propondo a busca de respostas para saber se tanto o cultivo da erva-mate como a cultura do chimarrão tinham origens e pertenciam ao primitivismo também no Espaço Livre do Contestado, pelas mãos do Homem do Contestado.

O lançamento do livro pelo Clube de Autores, de São Paulo, aconteceu a partir da Ilha do Mel, em Paranaguá (PR). Nele, Nilson Thomé mostra a importância de se conhecer o real significado do mate também para a economia do caboclo pardo e entender mais o seu envolvimento com este complexo produtivo, cultural e folclórico. O 34º livro deste historiador catarinense, lançado com o incentivo da FAPESC e o apoio da UNIPLAC, de Lages, já está à disposição de interessados nas livrarias virtuais http://www.clubedeautores.com.br e http://www.agbook.com.br, podendo ser adquirido através da internet.