De 19 a 25 de setembro de 2011 acontece na cidade de Lages a 4ª Bienal do Livro de Santa Catarina, um dos maiores eventos do gênero na Serra Catarinense, quando recebe milhares de visitantes dos três Estados sulinos, atraídos pelas exposições, feiras, mostra de curtas catarinenses, contação de histórias, lançamentos livros, apresentações de ballet, orquestra sinfônica, canto coral, entre outras atrações para todo o tipo de público.

Neste ano, em que a semana “biblio” se realiza no Centroserra, sempre das 9h às 21h, agora promovida pela Prefeitura de Lages, a Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC) mostrará, em stand próprio, a produção bibliográfica universitária do seu corpo docente.

O Prof. Nilson Thomé, do Mestrado em Educação da UNIPLAC, foi convidado e, com seus colegas, expõe uma parte do seu acervo de publicações até o ano passado: 22 livros sobre história, geografia, educação e antropologia na Região do Contestado.

No dia 24 de agosto, na cidade gaúcha de São Leopoldo, o prof. Nilson Thomé apresenta o trabalho “Instituições Escolares no Centro-Oeste Catarinense: introduzindo a construção da sua história”. Representando o Mestrado em Educação da UNIPLAC, de Lages, a comunicação integra o eixo temático Memória, Histórias de Vida, Trajetórias, do VII Congresso Internacional de Educação – Profissão Docente: há futuro para esse ofício?, promovido pela UNISINOS.
Segundo a coordenação do evento, o VII Congresso focaliza a profissão docente. Transcendendo as inúmeras e dicotômicas posições que têm sido reservadas aos professores, e virando as costas às perspectivas salvacionistas ou fatalistas que são comuns no terreno educativo, comunga-se o entendimento de que a docência é um campo aberto de possibilidades, terreno fértil, propício à experimentação, à produção de novas formas de ser. Discutir a profissão docente e os mais diversos espaços de sua produção, é um imperativo ético, político e pedagógico, na medida em que articula, a um só tempo, a produção de agentes sociais, a formação das novas gerações e a consolidação de um projeto de sociedade.
Para além da instauração de análises prospectivas sobre esse ofício, como o título pode sugerir, está o entendimento de que qualquer tentativa de antecipação do futuro, qualquer tentativa de imaginar configurações outras para o exercício profissional  não pode implicar acomodação, conformismo, resignação; não pode redundar em imobilismo, em esquecimento do presente.
Renomados pesquisadores em Educação do Brasil e exterior comporão um total de seis mesas-redondas que, entre outros temas correlatos ao eixo central, discutirão a formação de docentes em programas de pós-graduação; a formação de docentes na modalidade a distância; a formação de docentes na relação com os novos mapas culturais da contemporaneidade; a formação de docentes para a educação básica; políticas de formação de docentes e formação de docentes para Educação de Jovens e Adultos. Não menos importantes são as trocas entre estudantes, professores e pesquisadores, nas sessões de comunicação. Nesta edição, os participantes poderão socializar suas investigações, sob a forma de sessões de comunicações, nos doze diferentes eixos temáticos projetados para acolher a ampla e heterogênea produção da área da Educação.
Inserido nos estudos regionais de História da Educação, a comunicação do prof. Nilson Thomé aborda seus trabalhos na temática da História das Instituições Educativas no Centro-Oeste do Estado de Santa Catarina. A partir da apresentação do vocábulo “Contestado”, que identifica esta região geográfica, este texto expõe a base teórica, o método adotado, as estratégias utilizadas para o levantamento de fontes, aproveitamento de memórias e de arquivos, a coleta de dados, a análise e construção de históricos de instituições regionais, com destaque para as escolas, como trabalho conjunto de historiadores e pedagogos.

O Conselho Estadual de Educação realizará dias 4 e 5 de julho, na cidade de Lages, o I Seminário Estadual de Sistemas de Ensino de Santa Catarina, que contará com a participação da União Nacional dos Dirigentes Municiais de Educação e da União Nacional de Conselhos Municipais de Educação. O apoio logístico local será da Uniplac, da GERED de Lages e da Prefeitura de Lages.
Durante dois dias, cerca de 500 participantes de todas as cidades catarinenses estarão envolvidos na discussão promovida pelo CEE/SC sobre o Plano Nacional de Educação e o Pacto Federativo, os Planos de Educação e o Regime de Colaboração entre o Sistema Estadual e Municipal em Santa Catarina, e As Mudanças Necessárias no Currículo da Educação Básica.
Serão conferencistas, de parte do Ministério da Educação, o prof. Carlos Augusto Abicalil e a profa. Dra. Jaqueline Moll, mais os professores. Dr. Isaac Ferreira e Dr. Eduardo Deschamps, da Secretaria de Estado da Educação, Msc. Darli de Amorim Zunino, da Uncme/SC, Msc. Gilberto Borges de Sá, do CEE/SC, Dr. Rodolfo Pinto da Luz, da Undime/SC e o caçadorense Dr. Nilson Thomé, representando o Mestrado em Educação da Uniplac.
O Seminário objetiva fortalecer a integração dos Sistemas Municipais e Estadual de Ensino, com vista ao estabelecimento de políticas e mecanismos necessários ao desenvolvimento de ações que congreguem diretrizes educacionais comuns ao Estado de Santa Catarina, respeitando as competências específicas de cada sistema.
Na pauta, discussões sobre currículos, formação inicial e continuada dos professores e sistemas de ensino, evidenciando a educação básica, com recomendações que poderão ser inseridas no planejamento estratégico que será executado pela Secretaria de Estado da Educação e Secretarias Municipais de Educação. 

O professor doutor Delmir José Valentini, da UFFS (Chapecó) lançou a segunda edição (atualizada) do seu livro “História Política e Trajetória do Legislativo Caçadorense”, em sessão solene da Câmara Municipal de Caçador, na noite de 10 de dezembro. A solenidade foi muito concorrida, com a presença de vereadores, cidadãos honoráriose convidados.
A obra de Valentini veio novamente prefaciada pelo historiador professor doutor Nilson Thomé, que muito colaborou com seu desenvolvimento, apresentado o jovem escritor à sociedade local, e também pelo senhor Ernesto Faoro (de 97 anos de idade), há 80 anos residente em Caçador. Ambos os prefaciadores são do Rotary Club de Caçador.
Esta nova edição, que foi patrocinada pela Câmara de Vereadores e pelo Instituto Selvino Caramori, contempla a revelação do banco de dados do arquivo do Poder Legislativo do Município, adicionada de narrativas históricas de Caçador, de 1934 a 2010.

Na noite de 7 de dezembro, a comunidade da Escola de Educação Básica Nayá Gonzaga de Sampaio, de Caçador, realizou sua noite cultural para marcar o encerramento do ano letivo de 2010, no auditório Pedro Ivo Campos, na sede da 10ª Secretaria Regional de Desenvolvimento do Estado.
O prof. Nilson Thomé foi convidado e prestigiou o evento, marcado pelo lançamento do livro “Pequenos Grandes Postas IV”, obra organizada e editada pela direção da escola, para divulgar as poesias dos alunos do ensino fundamental (da quinta a oitava séries) que foram premiadas em concurso.
No encontro, com grande participação popular, Nilson Thomé elogiou e incentivou os jovens estudantes a continuarem elaborando seus versos & prosas, comunicando-se com o mundo pelas letras e pelos livros.